Confira cinco “jargões” no atendimento ao cliente que devem ser evitados

Compartilhe:

Você provavelmente já deve estar cansado de ouvir os mesmos “jargões” de marketing usados excessivamente por aí, especialmente quando é usado em um contexto errado. A verdade é que frases prontas podem se tornar antigas e afetar negativamente o modo como a sua organização é percebida.

Confira cinco jargões no atendimento ao cliente que devem ser evitados:

“O cliente é o centro de tudo”

Possivelmente, não há nada mais importante do que possuir uma cultura na sua empresa que priorize o cliente em primeiro lugar. Toda empresa bem sucedida vive e respira essa norma. Infelizmente, dizer que “o cliente é o centro de tudo” é frequentemente uma muleta, pois permite que gerentes acreditem que eles estejam colocando o cliente em primeiro lugar, sem que de fato estejam fazendo isso.

“Serviço de primeira classe”

Desde sempre, é algo que os clientes aspiram. No entanto, essa é uma frase que, de tão usada, já perdeu o real significado. Em um ambiente global de negócios e de intensa competição, cada empresa procura os meios para estabelecer seus negócios acima dos demais. Infelizmente, evocar uma frase antiga não deve ser mais a maneira para se fazer isso.

“A voz do consumidor”

A voz do consumidor descreve o processo profundo em capturar as expectativas e preferências dos clientes. Contudo, após ser utilizado repetidamente por departamentos de marketing, se tornou uma frase que é sinônimo de coletar o feedback de clientes.

“Alinhamento com o cliente”

Dizem que o alinhamento com o cliente é o objetivo que a empresa está orientada a buscar no sentido de servir aos interesses do cliente. O risco de se adotar uma frase genérica como essa é acreditar que sua empresa esteja fazendo tudo o que é possível para se engajar com o cliente, quando na realidade não estão.

“Encantar os seus clientes”

A frase que melhor representa a falta de tato com a realidade, e que os departamentos de marketing adoram usar é a de que o objetivo da empresa é “encantar o cliente”. Faça-se a seguinte pergunta: quantas vezes você realmente se encantou por uma empresa? Provavelmente não muitas.

A verdade é que existe uma grande diferença entre o que os clientes esperam e aquilo que as empresas realmente entregam. Clientes não vão ser enganados por frases prontas ou jargões de marketing.

Não há dúvida de que qualquer ferramenta que possibilite aprimorar as interações entre cliente e empresa deve ser empregada. O autoatendimento é uma solução, oferecida pela Genesys, que permite aos clientes uma experiência menos complicada e burocrática, seja ela implementada com a nuvem, em sua própria infraestrutura ou em uma combinação das duas. O objetivo permanece o mesmo de sempre: oferecer a melhor interação possível ao cliente.

Com Fonolo

Compartilhe: